5 de agosto de 2012


Se você chega e me diz:
- Você é tudo o que eu quis!
Eu sou capaz de evaporar
De me desfazer no ar
Eu não nasci pra ser feliz,
Acho que eu nem quero tentar

Eu prefiro voar
Por aí
Pra sempre eu vou passar
Vou seguir
Eu quero deslizar por aí
E ser um pouco como o vento

Se você chega pra mim
E tudo em você diz:
- Sim!
Eu sou capaz de congelar
Ficar com medo de quebrar
Será que há risco em ser feliz?
E o que acontece se eu gostar?

Eu prefiro voar
Por aí
Pra sempre vou passar
Eu vou seguir
Eu quero deslizar por aí
E ser um pouco como o vento

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários:

Perfil

Formada em Sistemas de Informação e pós-graduada em Engenharia de Software.

Facebook

Views