19 de outubro de 2017


Assunto abordado por Staa (2000). Os laços de repetição são estruturas muito utilizadas para testar condições ou repetir procedimentos. Os comandos for e if precisam ser utilizados de forma consciente para que a estrutura implementada desses comandos não fique muito complexa.

Evite expressões complexas ou muito longas para condicionar um if.

Ex:

if(a>3 && b==5 || c>1 && d==7 || e>2 && f==9 || g>4 && h==10)

Caso seja necessária uma condição maior, é interessante criar outros ifs aninhados, mas, evite muitos laços de repetições aninhados. De toda forma, situações nas quais um if possua uma condição muito complexa ou haja ocorrência de muitos comandos ifs e fors aninhados devem ser estudadas para seja verificada a viabilidade de criar novos métodos. Estruturas com laços muito complexos se tornam difíceis de entender no momento de realizar manutenção.

Cada bloco de código vazio ter um comentário com a explicação de o porquê estar vazio. Não é interessante deixar no código somente uma abertura e fechamento de chaves {} sem explicar porque essa estrutura foi posta ali. Essa ação pode confundir desenvolvedores que façam futuras manutenções no código e pode levar a crer que a existência da estrutura é desnecessária.

Referência:

STAA, A.D. Programação Modular: Desenvolvendo Programas Complexos de Forma Organizada e Segura. 1. ed. MA: Rio de Janeiro: Campus, 2000.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários:

Perfil

Formada em Sistemas de Informação e pós-graduada em Engenharia de Software.

Facebook

Views